Luis Fazani Sanches

Luis Fazani Sanches

LATAM Supply Chain Director

São Paulo, Brasil

THE CARE GIVER

Como foi a sua jornada na Luxottica até agora? Como você começou e onde você está agora?

Eu entrei na Luxottica em junho de 2014 no Planejamento de Demanda da empresa em Agordo, na Itália. Fui contratado pela Luxottica Brasil e transferido para Agordo para aprender sobre processos, sistemas e redes globais.
Tínhamos a intenção de desenvolver equipes de planejamento de demanda locais, visto que a maior parte do processo e das atividades era gerenciada pela empresa, mas o grupo identificou a necessidade de ter equipes locais mais perto do mercado.
Após 18 meses, voltei para o Brasil para cuidar do Planejamento de Demanda Wholesale Eyewear, trabalhando para aumentar a autonomia da equipe local, aproximando do time  atividades que eram realizadas pela empresa.
Após um ano, nos tornamos a primeira filial a deter 100% das atividades de planejamento de demanda, servindo como referência para outras equipes locais.
Depois, ano após ano fui aumentando as minhas responsabilidades, recebendo atividades dos canais de E-commerce e negócios AFA.
Então, em 2018, também assumi a gestão do planejamento de demanda da América Latina, com o mesmo desafio de estruturar a área e trazer mais resultados para esses países.
Nos últimos anos, assumi a área de Planejamento de Demanda LATAM, bem como toda a estrutura da Cadeia de Suprimentos.

O que você ama do seu trabalho?

Criar relações, visto que o Planejamento de Demanda é um departamento que precisa conhecer as equipes de Operações e de negócios.

Qual foi o projeto mais desafiador que você teve? Qual foi o resultado?

Ter as equipes de Planejamento de Demanda localmente foi um projeto ambicioso dos nossos líderes. Basicamente eu era o piloto, recebendo a oportunidade de ir à sede com a missão de aprender o máximo que eu pudesse e voltar à filial para ter ambas as perspectivas (local e global), compartilhar essas lições com o grupo, visando melhor o nosso processo e alcançar os nossos resultados.
Hoje, temos basicamente cada filial com as suas próprias equipes locais, trabalhando próximo do mercado para melhorar o nível do serviço e da experiência dos nossos clientes.

Que conselho você daria aos  universitários ou aos  jovens que estão pensando em uma carreira na área de planejamento de demanda?

Para trabalhar no Planejamento de Demanda você precisa ser resiliente, flexível e saber navegar em diferentes setores, visto que os projetos de gestão futura podem às vezes ser frustrantes e, por isso, você deve estar preparado para potenciais mudanças de programa, fornecendo a informação certa às equipes no momento certo.